Diga-me a fragrância que usas e te direi quem és

O tipo de fragrância que usamos pode revelar nossa personalidade e o momento que estamos vivendo

O mundo da perfumaria está tão presente na vida das pessoas que se tornou uma extensão da nossa personalidade. Além de expressar o que somos, as fragrâncias também são capazes de preencher um espaço vazio que nos falta, por exemplo, um olfativo verde que nos remete em estar na natureza – contato impossibilitado com as restrições causadas pela pandemia de covid-19. 

Uma recente pesquisa realizada pela Givaudan, empresa suíça e uma das maiores criadoras de fragrâncias do mundo, ouviu milhares de mulheres latino-americanas a respeito sobre comportamentos interessantes. A conclusão foi que “o natural aparece representando a busca por algo que faça bem para a saúde, e a vontade de estar próximo do meio ambiente”, diz Laura Mungioli, consumer insights manager da Givaudan para a América Latina. 

A busca por fragrâncias que remetam ao que artesanal e ao aconchego, como algo mais próximo a nós, se torna essencial e traz opções como notas frescas, de folhagem e cheiro de mato, flores frescas em um vaso ou o toque doce que lembra a sobremesa favorita.  

Em tempos de tantas incertezas, procurar fragrâncias “familiares” é uma tendência, assim como coisas nostálgicas como filmes, séries, estética ou até mesmo produtos que fizeram parte da sua infância, como o cheiro de bolo da vó. Essa segurança em adquirir algo que já é conhecido, é uma forma para se conectar com o novo normal e sentir-se acolhido, já que não podemos ir até as lojas experimentar novas fragrâncias, por exemplo. 

O olfato é tão poderoso que pode denunciar micro expressões corporais. Foi assim que ocorreu o processo de desenvolvimento de Coffee Sense Woman e Coffee Sense Man. O Boticário realizou pesquisas com homens e mulheres, e uma neurocientista analisou as reações dos participantes a cada combinação olfativa criada por Leandro Petit, perfumista responsável pelo projeto. Mesmo sem precisar dizer nada, o perfumista criou um blend de ingredientes até que se chegou a um acorde comum, extremamente prazeroso tanto para homens quanto para mulheres. Ele traz uma nota de chocolate meio amargo, que foi batizado de “ativador do desejo” e é a base das versões das fragrâncias de Coffee Sense. 

Para entender mais sobre o poder da psicologia olfativa utilizadas pelos perfumistas, você pode conferir os exemplos de personalidades traduzidas em perfis na reportagem feita pela revista Elle

*Fragrância é uma categoria de produtos e dentro dela se encontram diferentes subtipos de produtos como Perfumes, Eau de Parfum, Eau de Toilette e Desodorante Colônia.