5 dicas de como relaxar na pandemia

Nossa especialista em Saúde Mental, Suzana Paiva, trouxe algumas dicas de como relaxar na pandemia e ter momentos bons através do autocuidado e autoamor!

A pandemia virou a vida de muita gente de ponta cabeça trazendo preocupações e aumentando o estresse. O home virou office e o contato com outras pessoas e a natureza se tornou mais difícil devido ao distanciamento social. Para poder manter ânimo e cuidar de você, algumas práticas simples e fáceis de fazer podem te ajudar no dia a dia. Suzana Paiva, Especialista de Saúde Mental do Grupo Boticário, trouxe algumas dicas de como relaxar na pandemia.

Planeje seu tempo

Viva de forma suficiente e perceba se você tem dedicado tempo suficiente ou excessivo para todas as áreas de sua vida. Há momentos que uma área necessita de maior dedicação do que outras e tudo bem, mas o seu olhar precisa ser recorrente para perceber como está o equilíbrio entre todas elas.

A sensação de vida em equilíbrio vem da prática de balancear a sua dedicação entre as áreas com frequência, mantendo a consciência sobre como tem usado o seu tempo. Procure planejar sua semana, pensar nas atividades que já possa deixar preparadas para facilitar o seu dia a dia e que economizem tempo, por exemplo, tem muito valor para quem quer viver com maior sensação de bem-estar. Planejar o tempo é uma das formas para relaxar na pandemia.

Tenha amizades terapêuticas

Você tem relações em que tenha espaço para ter conversas edificantes, onde você pode ser verdadeiro, falar dos seus desconfortos, das suas aflições ou mesmo das suas alegrias mais profundas? É importante ter pessoas que você pode contar e que possam ser sua rede de apoio para qualquer situação.

Vale perceber se você tem sido um amigo terapêutico para alguém também, o quanto você doa de si para um ente querido ou um colega que você goste, mas que na correria tem deixado de lado. Manter a saúde das relações que te fazem bem é essencial para uma vida plena.

Faça do autocuidado um hábito

Você tem se dedicado a se cuidar, a se amar, a se fazer companhia, a conversar consigo mesmo, a dormir bem, a refletir seus sonhos ou separar um tempo na agenda para você? Você precisa fazer mais do que você gosta e lhe é prazeroso, como se dedicar a um hobby que gere satisfação, além de aprender a ser gentil com as suas emoções e com as suas dores.

Evite fazer comparações e perceba se o seu corpo ou mente estão cansados ou se estão mais agitados, assim você sabe se precisa dar um tempo para descansar ou se movimentar. Perceba qual é o melhor horário para cuidar de si.

Não sabe como relaxar na pandemia? Comece cuidando de você!

Dedique tempo para se colocar em movimento

Será que você tem dedicado tempo para se espreguiçar diariamente? Se alongar? Se despertar com leveza, tem se colocado em movimento? Caminhado até a padaria? Pedalado até a pracinha? Evitado o sedentarismo?

Fazer atividade física ao ar livre melhora nosso humor, aumenta nossa autoestima, nos desperta a olhar o entorno que muitas vezes passa batido, aguça nossa curiosidade de explorar mais o que pode ser feito na vizinhança, proporciona novas amizades a medida que encontramos parceiros com o mesmo objetivo e tantos outros benefícios.

Perceba que tipo de atividade física e quanto tempo diário é necessário e suficiente para o seu momento atual e pense: será que há espaço para você dar uma olhada nesse aspecto e perceber se você pode melhorar seus hábitos? Repensar seu tempo e como enxerga a sua longevidade ou revisar estratégias para você usar seu tempo no que é necessário hoje e que te permita alcançar a flexibilidade corporal que imagina no seu futuro, independente de qual seja, sempre vale uma autoreflexão.

Vivencie a natureza

Você tem tido contato com a natureza? Perceba quanto tempo da sua vida você dedica para contemplar o nascer ou pôr do sol, observar a lua e estrelas ou o formato das nuvens, pisar na grama, sentir o cheiro da terra, zelar pela natureza cuidando de uma planta ou mesmo ter uma conversa terapêutica num lugar inspirador.

Ficar na natureza sem fazer nada ou ouvindo o som dos pássaros, do ritmo da vida que se desenvolve a cada segundo ou se proporcionar um espaço para a mente são momentos sensoriais que trazem benefícios imediatos e muito relaxantes.

- Por Suzana Paiva, Especialista em Saúde Mental do Grupo Boticário