A Vitamina C no combate ao envelhecimento cutâneo

Entenda como funciona o processo de envelhecimento cutâneo e como a Vitamina C pode combater os efeitos causados na pele

Algo me diz que eu não deveria começar essa pauta com uma frase tão chocante, já que posso perder minha audiência. Mas, devo contar-lhes que passamos a envelhecer a partir do momento em que nascemos. Na juventude, ainda temos capacidade de renovar as nossas células, mas ao longo do tempo, e principalmente ao entrarmos na fase adulta, elas vão perdendo sua capacidade metabólica e passam a se renovar de maneira bem mais lenta, até o ponto em que morrem e não são substituídas por outras. Esse processo de envelhecimento é natural e conhecido como intrínseco ou cronológico. Ele é afetado por fatores genéticos, hormonais e pelo estresse oxidativo. 

Envelhecimento extrínseco

Há também outro processo que afeta o envelhecimento cutâneo, conhecido como extrínseco, que está relacionado aos hábitos de vida e exposição aos fatores externos, como alimentação, sedentarismo, poluição, álcool, fumo e, principalmente, a radiação solar. Todos esses fatores aumentam a produção de radicais livres e afetam a pele, acelerando os sinais do envelhecimento e causando o aparecimento de manchas, rugas acentuadas e textura áspera e espessa.  

Excesso de radicais livres pode ser danoso

Os famosos radicais livres são moléculas altamente reativas e com muita energia, formados pelo nosso próprio corpo. Quando em produção equilibrada, eles são muito importantes para a defesa do organismo contra agentes estranhos. Contudo, quando os fatores externos provocam um aumento excessivo da sua produção é que eles passam a ser danosos para o metabolismo. Sua grande capacidade de se ligar aos tecidos e agir sobre as células altera as características moleculares, oxidando quimicamente ou enzimaticamente os seus componentes, provocando disfunções e alterações que se acumulam até o ponto em que a célula morre.  

Como combater o envelhecimento da pele

Além de adotar um estilo de vida saudável, controlar o estresse, praticar atividades físicas e consumir quantidade adequada de água diariamente, é possível prevenir os danos causados pelos radicais livres na nossa pele com o uso de produtos cosméticos.  

A aplicação de um bom filtro solar é o requisito básico para cuidar da pele e envelhecer com saúde. Além do filtro, um bom antioxidante deve ser o seu grande companheiro quando o assunto é combater os radicais livres em excesso. A principal função desses produtos é reduzir a propagação da oxidação celular, minimizando o dano às células.  

A vitamina C, ou ácido ascórbico, é um dos mais conhecidos antioxidantes do mundo dos cosméticos pela sua efetividade. Além de combater o envelhecimento precoce, por meio do bloqueio da ação dos radicais livres, ela também aumenta a firmeza e elasticidade da pele através do estímulo à formação das fibras colágenas. Deste modo, é um ativo que auxilia na redução de rugas e linhas finas. Há também melhora na luminosidade, aumento no brilho e no tônus e a uniformização do tom da pele, já que consegue reduzir a síntese de melanina por meio da inibição da tirosinase.  

Não há restrição de horário para o uso da vitamina C tópica, podendo ser incluída na rotina de skincare pela manhã antes do protetor solar, já que ela potencializa a função desse produto, ou pela noite após a limpeza. Os veículos mais comuns são os séruns aquosos, que permeiam mais facilmente e permitem que o ativo fique mais disponível na pele. 

O Sérum de Alta Potência Vitamina C Botik foi desenvolvido com 10% de Vitamina C estabilizada de tecnologia patenteada, que possui uma alta capacidade de penetração nas camadas da pele e se mantém estável do início ao fim do produto.

Além disso, é combinada com vitamina E para potencializar sua ação antioxidante. Vale ressaltar que homens também podem fazer uso da vitamina C, mas independente da situação da pele e da idade, é sempre importante consultar o seu dermatologista antes de incluir qualquer produto em sua rotina de cuidados. 

- Por Giovanna Chiumento